Notícias

Airbag para passageiro comemora 25 anos

Há 25 anos, a Mercedes-Benz foi a primeira fabricante de automóveis a oferecer airbag para o passageiro da frente em um carro produzido em série. A tecnologia estreou no Classe S (série 126) no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro de 1987. A Mercedes-Benz já havia lançado o primeiro airbag para o motorista totalmente funcional em um veículo de série em 1981, também em um Classe S da série de modelos 126. 

O chamado Sistema de Retenção Suplementar (SRS), que incluía o airbag do motorista e o tensionador do cinto de segurança, foi oferecido inicialmente como opcional. O equipamento resultou de uma pesquisa feita pela empresa, iniciada em 1966. Os testes começaram no ano seguinte. Enquanto o airbag do motorista fica alojado no volante, o do passageiro da frente, nas suas primeiras versões, ocupava a área que normalmente seria do porta-luvas.

Com a modernização dos módulos infláveis, os veículos acabaram recuperando o porta-luvas. O airbag para passageiro lançado em 1987 utilizava a mesma tecnologia do sistema pioneiro de proteção para o motorista. Quando os sensores detectam uma colisão, uma carga propelente é inflamada e, em milésimos de segundo, o nitrogênio produzido por esse processo infla o airbag, uma bolsa feita de tecido especial.

Em 1994, a bolsa inflável para o passageiro da frente passou a ser equipamento de série em todos os carros de passeio da Mercedes-Benz. O do motorista já estava incorporado a toda a linha desde 1992. Para melhorar o efeito protetor proporcionado pelos airbags, os engenheiros da Mercedes-Benz passaram a desenvolver, nos anos seguintes, sistemas adicionais como bolsas infláveis laterais e de cortina.

O desenvolvimento do item nos anos 1960 foi incentivado pelos planos existentes nos Estados Unidos de tornar obrigatório um sistema automático de proteção para todos os carros a partir de 1969. Os airbags que inflavam durante um acidente eram vistos então como uma tecnologia promissora. O princípio já havia sido patenteado na década de 1950. Os principais pioneiros foram o alemão Walter Linderer (que recebeu a patente DE 896312, de 6 de outubro de 1951) e o americano John Hedrik (patente US 2649311, de 16 de agosto de 1953).

Fonte: automotivebusiness

Ford Dimas

Fotos

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento