Notícias

Chocolate é o “muso inspirador” da Ford para redução de peso dos automóveis

Sabemos que o chocolate é um vilão, principalmente para as mulheres que nunca estão satisfeitas com seu peso final. Porém, o alimento calórico também é um contribuinte para “acalmar” o público feminino quando estão com a tal TPM. Entretanto, o chocolate também traz outros benefícios, e está sendo até mesmo o “muso inspirador” para a Ford reduzir pelo menos 100 kg no peso de seus veículos compactos e 300 kg nos automóveis maiores até 2020.

De acordo com a marca do oval azul, sua engenharia trabalha em soluções para reduzir o peso de seus modelos, se orientando pela forma de como a Nestlé produz a barra de chocolate Aero (foto) vendida na Europa – modelo similar ao Suflair vendido pela marca suíça no Brasil. Na produção das peças de plástico mais leves dos automóveis, a Ford irá utilizar a injeção de bolhas de gás durante o processo, modo já utilizado pela Nestlé na produção da guloseima.

Com este processo, o Nestlé Aero fica “arejado”, o que melhora o sabor sem comprometer a consistência do produto.  A Ford aposta neste método para a indústria automobilística, no procedimento de confecção de peças e componentes de plásticos. Nas últimas décadas o avanço de tecnologia empregada na fabricação de carros foi grandioso, porém, o plástico tem certa dificuldade em perder peso, ao contrário de matérias-primas do metal e aço, que podem ser moduladas para ficarem mais resistentes e leves.

Utilizando a aeração do plástico, a Ford irá introduzir as bolhas de gás no plástico durante seu processo de moldagem. Este processo reduzirá a quantidade de plástico empregado, o que diminui o peso final, sem comprometer a qualidade. Segundo a marca norte-americana, com este processo o plástico fica 20% mais leve.

Este procedimento será estreado na Europa nos modelos Focus, C-MAX, Galaxy e Mondeo nos próximos anos.

 

Fonte: Notícias Automotivas

Ford Dimas

Fotos

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento