Notícias

Colin Braum registra a volta mais rápida na pista internacional de Daytona com pneus Continental

Pela terceira vez em 2013, a Continental Pneus esteve envolvida em um projeto voltado à quebra de recordes. Em parceria com Michael Shank Racing, Ford e Roush Yates Engines, a Continental Pneus deu ao piloto Colin Braun a confiança necessária para fazer a volta mais rápida jamais registrada no oval do Daytona Internacional Speedway. Em uma tarde de quarta-feira, Braun cravou a volta mais rápida ao marcar 222.971 milhas por hora (40.364 segundos) no Protótipo Daytona Michael Shank Racing de número 14 com motor Ford EcoBoost, batendo assim o recorde anterior de 210.364 mph, alcançado por Bill Elliot durante a prova de qualificação para a Daytona 500 de 1987.

“Todos na Continental Pneus estão orgulhosos de integrar esse projeto e de ser parte da história”, afirmou Tarvie Rofler, diretor de marketing da Continental Pneus. “Todo o nosso time trabalhou muito para construir um pneu que pudesse sustentar toda a carga presente em um oval nessa alta velocidade. Assistir Colin correr nessa velocidade com os nossos pneus foi incrível. Tiramos o chapéu para Jim France e para a sua visão, assim como para cada parceiro que tornou possível atingir esse recorde”.

A Continental desenvolveu um pneu específico para esse projeto. Enquanto a base foi o ExtremeContactTM Race, presente nos protótipos Daytona de corrida da Série Rolex 2013, algumas pequenas mudanças foram realizadas. O pneu empregado na conquista do recorde é mais leve e apesenta menos resistência ao rolamento do que o pneu de corrida standard e conta com um composto mais duro do que o do pneu empregado em uma corrida tradicional.

No preparo, a Continental Pneus empregou dados oriundos de suas experiências anteriores na Daytona International Speedway 2,5 milhas, na parte oval da pista. Além disso, o pneu foi testado para a carga esperada de 230 milhas por hora durante 10 minutos, para garantir a confiança que Braun precisava para completar sua corrida.

“Os pneus Continental apresentaram um desempenho soberbo”, comentou Braun imediatamente após ter alcançado o recorde. “Nós tivemos uma ótima pegada. Obviamente, é um equilíbrio entre o rolamento e a resistência, a entrega de velocidade e a quantidade de tração que temos. Mas os engenheiros da Continental fizeram um grande trabalho ao nos entregar um pneu que não apenas era rápido e tinha uma boa resistência ao rolamento, mas que também tinha uma boa aderência para ir a mais de 220 milhas por hora no circuito de Daytona. Tiro o chapéu para esses caras por um trabalho realmente muito bom”, disse.

A volta de Braun faz parte de uma tarde de quebra de recordes, incluindo também o novo recorde mundial de velocidade para 10 Km de largada parada e 10 milhas de largada parada, ambos sujeitos à homologação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Os 10 Km de Braun foram cobertos a uma velocidade de 202.438 mph e as 10 milhas a 210.018 mph. Ambos os recordes pertenciam, há 34 anos, a Hans Liebold. No volante de uma Mercedes-Benz turbo ele cravou 199.101 mph para os 10 Km e 208.316 mph para as 10 milhas no circuito de Nardò, na Itália, em 5 de maio de 1979.

“Esses pneus, que percorreram apenas 10 voltas por vez, poderiam ter corrido 50”, disse Michael Shank, proprietário da Michael Shank Racing. “Esse foi o menor de nossos problemas. Sinto-me privilegiado e feliz pela Continental ter se envolvido nesse projeto. Naturalmente, são grandes parceiros nossos no Tudor United Sports Car Series. A Continental nos apoiou e fez tudo o que pedimos. Nos deu suporte, trouxe pessoas para cá, realmente se envolveram”, destacou.

Esses recordes foram obtidos em um ano que viu a Continental Pneus ajudar a quebrar também dois recordes mundiais do Guinness World Records®. Em maio, com um jogo do ContiSportContactTM 5P em um sedã BMW M5, Johan Schwartz entrou no Guinness World Records® pelo mais longo drift sustentado e em junho foi um jogo de pneus PureContactTM com a tecnologia EcoPlus que ajudou a definir uma nova conquista no Guinness World Records® pelo menor consumo de combustível em 48 Estados norte-americanos para um carro não híbrido, um Volkswagen Passat.

Ford Dimas

Fotos

Interessado num carro novo?

2 + 6 = ?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento