Notícias

Crise no Brasil faz exportações para a Argentina crescerem 31%

 

A crise brasileira está refletindo na Argentina, uma vez que aumentaram os números de exportações do Brasil para o país vizinho por conta dos estoques cheios. Como consequência, os carros brasileiros estão chegando aos argentinos com condições vantajosas em relação aos modelos produzidos por lá.
 
Durante o mês de março, a Chevrolet e a Volkswagen ofereceram até 40 mil pesos de desconto em carros brasileiros, principalmente em carros populares, baixando seus preços em até 17%. Sendo assim, se tornaram mais baratos perante os principais concorrentes produzidos na Argentina. O reflexo disso é visto nos emplacamentos. O Onix, por exemplo, cresceu 268%, enquanto o irmão Prisma apresentou aumento de 215% nas compras.
 
Em números gerais, os carros exportados do Brasil cresceram 31% no mercado argentino, enquanto a produção do país vizinho aumentou apenas 17%.
 
As promoções também atingiram veículos maiores, como a Chervrolet S10 que na versão 4×4 com cabine simples ficou 37 mil pesos mais barata que a concorrente Toyota Hilux. O Gol Trendline, durante o mês de março, custou 29 mil pesos menos que um Palio 1.4 feito em Córdoba e 16 mil a menos que um Peugeot 207 feito em El Palomar. Aliás, o modelo Volkswagen se equiparou em preço com o Renault Clio, também feito em Córdoba, e concorrente naturalmente do up!.
 
Ainda assim, as marcas que exportam do Brasil vendem com uma boa margem de lucro, como é o caso do Gol, oferecido por 199 mil pesos ou aproximadamente R$ 50 mil para a versão de entrada. Já o Chevrolet Onix parte de R$ 51 mil (209 mil pesos) no país vizinho, mesmo em promoção. Enquanto a picape S10 não sai por menos de R$ 107 mil (433 mil pesos).

 

Ford Dimas

Fotos

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento