Notícias

Ford F-150 ganha novos motores nos EUA

A Ford agora contempla sua líder histórica de vendas F-150 com novas opções de motores. Os modernos propulsores apresentados na linha 2010 do Mustang agora entram no catálogo da pick-up.

Para 2011 a F-150 recebe o V6 de 3.7 litros de 307 cv e 38 kgfm de torque máximo e o 5.0 V8 de 364 cv e impressionantes 52 kgfm de força. A versão Raptor SVT mantém o V8 6.2 de 416 cv e 60 kgfm. Mas a grande novidade é o moderníssimo V6 de 3.5 litros de deslocamento da família EcoBoost. O motor é mais um que enfrentou o downsizing imposto pelas leis de emissões de poluentes e de limitações ao consumo de combustível.

Apesar de sua menor capacidade cúbica, oferece palpáveis 370 cv, capazes de carregar um reboque de até 5 toneladas, cifra semelhante à do V8 de 6.2 litros. O torque de 58 kgfm está disponível logo a 1.700 rpm e se mantém constante até às 5.000, feito do turbo de geometria variável. Todas as motorizações são acopladas a um câmbio automático de seis marchas e podem ser equipadas com tração integral.

Ao volante, a F-150 supera as rivais em solidez e refinamento. A única que chega mais próximo é a Ram 1500, que mesmo com seu V8 5.7 HEMI, ainda não consegue superar o V6 Ecoboost da marca do oval azul. A pick-up da Ford consegue fazer as concorrentes parecerem ultrapassadas, mesmo sem ter sido lançada uma nova geração.

A direção agora é assistida eletricamente e não rouba mais potência do motor já que a assistência pode ser totalmente desligada quando em velocidade de cruzeiro em estradas retas, por exemplo, em vez de manter uma bomba hidráulica funcionando o tempo todo, como nos sistemas tradicionais.

A maior novidade no interior é a tela de cristal líquido entre os mostradores. Denominado pela Ford como "Tela de Produtividade", ela mostra informações do computador de bordo, funções da tração 4x4 e informações do "Truck Aplications" que mostram o raio de giro e inclinação da pick-up e abre a opção de bloqueio eletrônico do diferencial, assim como dados sobre o reboque quando engatado.

A marca fez um grande trabalho para manter seu produto na liderança, aprimorou a eficiência dos motores que agora chegam a fazer 11 km/l no caso do novo EcoBoost. No entanto, não perdeu a vocação para o trabalho, ainda mais agora com as novas capacidades de carga que viraram referência no segmento.


Fonte: MotorDream
Ford Dimas

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento