Notícias

Ford trabalha com universidades dos EUA para ampliar projetos mundiais de sustentabilidade

A Ford está trabalhando junto das conceituadas universidades norte-americanas Georgia Tech e George Washington para desenvolver projetos de sustentabilidade envolvendo consumo de água e direitos humanos (também com relação ao meio ambiente e recursos humanos), dois assuntos de extrema importância para as operações globais da companhia. Aliás, temas importantes para todos nós.

Com a Georgia Institute of Technology (Georgia Tech) de Atlanta, a Ford está aperfeiçoando processos corporativos que permitem manter seu compromisso na diminuição do consumo de água em toda a empresa. De 2000 a 2008, a Ford conseguiu reduzir nada menos que 56% – ou 36 bilhões de litros!! – o uso de água como parte do objetivo de diminuir o impacto ambiental de suas fábricas ao redor do mundo.

Já a parceria com a Universidade George Washington, em Washington D.C., tem como tema os direitos humanos (como algo que se estende ao âmbito dos recursos humanos e meio ambiente) e o alvo são os mercados onde a Ford visa expandir suas operações mundiais. Nesse caso, a George Washington, ajuda a Ford a determinar as estratégias de negócios mais adequadas para se trabalhar com governo e outros segmentos nos países em desenvolvimento onde está sendo coletada a matéria-prima para utilização em componentes de tecnologia automotiva.

“A Sustentabilidade não está apenas relacionada ao meio ambiente”, afirma David Berdish, gerente de sustentabilidade social da Ford. Para ele, uma companhia que realmente se preocupa com o assunto deve estar atenta ao impacto global causado por sua presença como um todo – no meio ambiente, social e econômico. “O trabalho com o meio acadêmico nos ajuda a ampliar nossa perspectiva e desempenhar nosso papel como responsáveis cidadãos corporativos”, completa. É aquela velha história. Se cada um fizer a sua parte...


Fonte: Jalopnik.
Ford Dimas

Interessado num carro novo?

2 + 9 = ?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento