Notícias

Jovens da geração 'millennials' querem SUVs, diz pesquisa da Ford

A despeito de estudos que apontam desinteresse do jovem em ter um carro, uma pesquisa da Ford na Europa concluiu que consumidores que atualmente têm entre 17 e 34 anos deverão fazer o segmento de SUVs "bombar" ainda mais em vendas.

O levantamento divulgado nesta segunda-feira (7) envolveu 5 mil jovens dessa faixa etária feito na Alemanha, Espanha, França, Itália e Reino Unido. E apontou que 1 em cada 4 que pretendem comprar um carro no ano que vem estão considerando um SUV.

Os entrevistados, que fazem parte das gerações X e Y, ou "millennials", disseram à consultoria Benenson Strategy Group que os SUVs os fazem sentir poderosos ao volante e são mais divertidos e esportivos do que outros tipos de veículos.

Para a maioria, SUVs são mais seguros que outros veículos (52% responderam que sim) e se tornaram mais econômicos e menos agressivos ao meio ambiente nos últimos 5 anos (84%).

"A pesquisa mostra dois pontos importantes: o 'boom' dos SUVs na Europa não é uma moda passageira, e os jovens não estão tão ambivalentes quanto a ter ou não um carro, como alguns sugerem", diz Roelant de Waard, vice-presidente de marketing, vendas e serviços da montadora na Europa.

Jovens x SUVs

A venda de SUVs é um pilares da Ford para o crescimento de vendas nos próximos anos. A montadora quer alcançar a marca de 200 mil emplacamentos desse tipo de veículo na Europa  em 2016, um aumento de 200% sobre 2013. O segmento terá destaque no estande da montadora no Salão de Frankfurt, que começa na próxima terça (15), onde serão exibidos o novo Edge, oEcoSport e o Kuga.

Praticamente todas as montadoras estão atrás desse segmento. Em setembro passado, o vice-presidente de design de produto da Fiat Chrysler, Ralph Gilles, disse ao site americano "Autoblog" que o Jeep Renegade foi desenhado por uma equipe que tinha jovens de 20 a 30 anos.

"Colocamos uma equipe 'millennial' nele. Eles desenharam (o carro) sozinhos, num certo aspecto", afirmou.

A consultoria IHS, especializada no setor automotivo, estima que o segmento, que atualmente responde por 20% das vendas de carros no mercado europeu, passe a ter 27% da fatia até 2020.

Afinal, eles querem carro?
Por outro lado, continuam surgindo pesquisas que dizem que os jovens não estão tão interessados em possuir um carro.

Em outubro de 2014, o analista-chefe do setor automotivo do Morgan Stanley, Adam Jonas, divulgou um artigo em que diz que carros autônomos e o fim da propriedade individual (de carros) estão vindo mais rápido do que se imagina: "Na internet das coisas, o automóvel está em último", escreveu.

Para Jonas, o futuro será de carros alugados e mais empresas de tecnologias envolvidas com a indústria automotiva --movimento que Google e Apple já fazem.

Um estudo recente do site americano Edmunds.com, especializado no setor automotivo, diz que os "millennials" que têm carro estão preferindo o leasing à compra efetiva.

Na modalidade, o carro continua em nome do próprio banco ou da empresa arrendadora, e há a opção de compra no fim do financiamento, que costuma ser menos custoso do que o financiamento do carro em nome do novo proprietário.

A porcentagem de jovens de 18 a 34 anos que financiam carros por meio de leasing foi maior do que 46% nos últimos 5 anos -- a média para compradores de todas as idades é de 41%. Para Edmunds.com, os "millennials" preferirem o leasing, por permitir acesso a carros mais luxuosos e com mais tecnologia sem requerer investimentos pesados em produtos que irão se depreciar rapidamente.

 


Ford Dimas

Fotos

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento