Notícias

Ministério das Cidades faz campanha para o transporte seguro de crianças

O objetivo da ação é conscientizar condutores sobre a necessidade de utilizar equipamentos de segurança ao transportar menores de 10 anos. A campanha é motivada pela estatística que aponta os acidentes de trânsito como principal causa de morte dos menores de 14 anos no País.

A legislação determina que, até o primeiro ano, a criança deve estar no bebê-conforto. De um a quatro anos é obrigatório instalar a cadeirinha, presa pelo cinto de segurança do carro. Até os sete anos e meio é necessário utilizar o assento de elevação. A partir daí a criança pode ser acomodada no banco traseiro com cinto de segurança e, só após os dez anos, pode sentar-se no banco do passageiro dianteiro.

A fiscalização do uso dos equipamentos começa em 9 de junho. A infração por transporte inadequado é gravíssima, com multa de R$ 191,54 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.
Ford Dimas

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento