Notícias

Vendas no patamar de 300 mil veículos por mês

Natalia Gómez, Agência Estado


As vendas de veículos no mercado interno devem seguir por volta de 300 mil unidades por mês até o final do ano, segundo Cledorvino Belini, presidente da Anfavea -- Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. Em agosto foram vendidas 312,8 mil unidades e em julho 302,3 mil. O executivo entende que o setor vive um bom momento, que reflete a realidade econômica do País. "Atribuímos o avanço ao bom andamento da economia, à confiança do consumidor, à expansão do crédito e aos menores níveis de desemprego", disse em coletiva de imprensa.

Na comparação de julho de 2010 ante julho de 2009, o índice de confiança medido pela FGV cresceu 9 pontos porcentuais, enquanto o saldo de crédito cresceu 14% e os juros caíram 0,5 ponto porcentual. No acumulado de janeiro a agosto, as vendas de veículos acumulam alta de 10,1% ante o mesmo período do ano passado, para 2,19 milhões de unidades.

Apesar do otimismo, Belini afirmou que parte do avanço foi motivado por maiores importações. No acumulado do ano, os licenciamentos de veículos nacionais cresceram 5,7% para 1,801 milhão de unidades, enquanto os importados cresceram 35,8% para 394 mil unidades. "A importação faz parte do jogo, mas é importante que as exportações também cresçam", disse. A participação dos autoveículos importados no licenciamento foi de 15,6% no ano passado. Neste ano, até agosto, a fatia foi de 18%.

Segundo Belini, as exportações do setor estão muito acima de 2009, quando os mercados "desapareceram" em razão da escassez de crédito, mas continuam abaixo do registrado em 2008. "Atualmente, o cenário está positivo mas ainda aquém dos resultados vistos há dois anos", destacou. Em 2010, as exportações acumulam alta de 63,7% em valores ante o mesmo intervalo de 2009, com embarques de US$ 8,032 bilhões.

A Anfavea manteve suas projeções para este ano, com expectativa de vendas de 3,4 milhões de unidades de autoveículos, alta de 8,2%. Para máquinas agrícolas, a expectativa ainda é de alta de 24,2%, para 68,7 mil unidades. As exportações devem crescer 49,4% para US$ 12,4 bilhões. A produção de autoveículos deve crescer 6,5%, para 3,390 milhões de unidades, enquanto a projeção para máquinas agrícolas é de alta de 34,4% na produção, para 89 mil unidades.
Ford Dimas

Interessado num carro novo?

Ligue para nossas lojas

Horário de funcionamento